terça-feira, 30 de abril de 2013

Trombudo Central: Prefeito Silvio Venturi define nomes que compõem o secretariado 2013



Município ganha duas novas secretarias: Planejamento e Urbanismo e Cultura e Turismo
A prefeitura de Trombudo Central passa a contar em 2013 com oito secretarias municipais. A novidade está por conta da criação da secretaria municipal de Cultura e Turismo, setores que se desvincularam da Secretaria de Educação e Esportes. Luiz Carlos Fachini vai assumir a nova pasta, com posse marcada para quinta-feira (02/05).
Outra secretaria criada recentemente foi a de Planejamento Urbano, comandada por Álvaro Melchioretto. Ele deixa a Secretaria de Administração, que passou a ter como secretária Tânia Bini Azevedo Waltrick. Tânia deixa a Secretaria de Educação e Esportes, que também já tem nova titular.

Confira todos os nomes que compõem o secretariado 2013 na prefeitura de Trombudo Central:
Secretaria da Administração e Finanças – Tânia Bini Azevedo Waltrick
Secretaria da Agricultura e Meio Ambiente – Leirson Vicente
Secretaria da Assistência Social e Habitação – Luana Aparecida Goedert Hasse
Secretaria de Cultura e Turismo – Luiz Carlos Fachini
Secretaria da Educação e Esporte – Cátia Regina Marangoni Geremias
Secretaria de Planejamento Urbano – Álvaro Melchioretto
Secretaria da Saúde – Dieter Prochnow
Secretaria dos Transportes, Obras e Serviços Urbanos – Valdenir Sandrini


CONTATO – Prefeito Silvio Venturi - (47) 3544-0271.
CONECTE MÍDIA - COMUNICAÇÃO DE RESULTADO
Jari Silva (47) 8803-5710

Judô: Trombudo Central terá cinco representantes na fase estadual dos JESC



Etapa classificatória foi nesta terça-feira, em Rio do Sul

Jogos Escolares de Santa Catarina. Estudantes de escolas de Trombudo Central participaram nesta terça-feira (30/04), da fase regional e classificatória dos JESC, em Rio do Sul. Eles competem na modalidade de judô.
Dos 10 judocas trombudenses, cinco passaram para a etapa estadual dos jogos. São eles:
*Escola de Educação Básica Erica Hasse
Jennifer Milerchat
*Escola de Educação Básica Dr. Hermann Blumenau
Hiara Eger
Julia Stedile
Felipe May dos Santos
Djonata Coelho
A fase estadual da competição está marcada para o mês de julho, em São Miguel do Oeste. Até lá, o grupo treina durante as aulas semanais, na Escolinha de Judô, no Ginásio Municipal.


CONTATO: Comissão Municipal de Esportes – Rafael (47) 8827-3091
CONECTE MÍDIA – COMUNICAÇÃO DE RESULTADO
Jari Silva (47) 8803-5710

“Um mergulho no fundo do mar”


O projeto “Um mergulho no fundo do mar”, desenvolvido pela professora Simone Deves Venturi, no CEI Arthur Kroenke, proporcionou as crianças diversas atividades, investigações e elaboração de conceitos sobre a “vida marinha”. Também está possibilitando que elas conheçam e descubram toda a beleza da natureza, com suas cores e diversidade.
          A Visita ao Pesque-Pague Venturi deu mais vida ao projeto, pois as crianças viram como realmente são os peixes que estamos estudando em sala.
          Foi muito interessante ver o rostinho de satisfação de cada criança ao conhecer peixes variados como a tilápia e o bagre, com tamanhos, formatos e características diferentes. Puderam também saborear um alimento muito saudável que é o filé de tilápia, adoraram saber que não tinha espinho e ficaram surpresos ao observar que o coraçãozinho da tilápia continuava batendo mesmo que ela já estivesse morta. A experiência foi muito agradável e enriquecedora.
          A vivência da criança é muito importante para ampliar seus conhecimentos e, pensando nisso, será proposto a cada família que leve nosso peixinho “Arco  Iris” para ser cuidado e observado pela criança durante um final de semana. O peixinho levará com ele um diário onde a família poderá registrar como viveram esta nova experiência.








terça-feira, 23 de abril de 2013

Nesta quarta-feira tem Conferência da Educação nas escolas de Trombudo Central



Próximo passo é a realização da Conferência Municipal, marcada para o dia 30
Integrar os profissionais de educação e a comunidade no planejamento da educação e refletir de forma geral os eixos propostos pelo CONAE. Esses são os objetivos das Conferências da Educação, promovidas em todos os municípios do país.
Em Trombudo Central, a discussão ocorre primeiramente nas escolas. Essa etapa está marcada para acontecer na quarta-feira (24/04), nos Centros de Educação Básica Arthur Bruno Jandt, Eginolf Bell e Erica Hasse, na Escola de Educação Básica Hermann Blumenau e na Apae.
O próximo passo será a Conferência Municipal da Educação, agendada para o dia 30, onde será colocado em pauta o que foi discutido nas escolas. Dos sete eixos propostos para estudos, três vão ganhar destaque:
*Educação e Diversidade: justiça social, inclusão e direitos humanos;
*Qualidade da educação: democratização do acesso, permanência, avaliação, condições de participação e aprendizagem;
*Valorização dos profissionais da Educação: formação, remuneração, carreira e condições de trabalho.
O evento começa às 13h, com estudo dos eixos marcado para começar às 14h. Às 15h ocorre a apresentação das escolas, às 16h a plenária final e às 17h o encerramento. Toda a comunidade é convidada a participar e colaborar com o desenvolvimento da educação.
Ainda neste ano terá a etapa estadual da conferência, e em 2014 a fase final e nacional.

Contato: Secretária de Educação e Esporte – Cátia Regina Marangoni Geremias – (47) 3544-0271
CONECTE MÍDIA – COMUNICAÇÃO DE RESULTADO
Jari silva (47) 8803-5710

segunda-feira, 22 de abril de 2013

CEI Arthur Kroencke


A turma do cachorrinho  da  professora  Laura Enedina Venâncio Primm, vem construindo através de atividades lúdicas e desafiadoras a identidade do grupo. O nome da turma foi escolhido através de votação que teve até urna. Mais do que um simples nome, escolhendo o nome da turma as crianças se sentem importantes como grupo. Construímos as regras, recebemos um mascote que ganhou o nome de Pitoco, fizemos uma casinha para ele e a cada semana o cachorrinho visita uma família que faz o registro no caderno viajante.    


sábado, 20 de abril de 2013

O Que é Ser Educador


Este texto  nos  chegou  como sugestão da Professora Maria Luiza  dos Santos.
Agradecemos e aguardamos mais  sugestões.


Ser educador hoje é viver intensamente o seu tempo; conviver é ter consciência e sensibilidade. Não se pode imaginar um futuro para a humanidade sem educadores, assim  como não se pode pensar num futuro sem poetas e filósofos. Os educadores, numa visão emancipadora, não só transformam a informação em conhecimento e em consciência crítica, mas também formam pessoas cidadãs. Diante dos falsos pregadores da palavra, os educadores são os verdadeiros, "amantes da sabedoria"; os filósofos de que nos falava Sócrates. Eles fazem fluir o saber, porque constroem sentido para a vida das pessoas e para a humanidade e buscam juntos um mundo mais justo, mais produtivo e mais saudável para todos. Os educadores são imprescindíveis, sendo eles os verdadeiros construtores do processo de ensino-aprendizagem. A aprendizagem é um processo que ocorre ao longo da vida, são momentos muitas vezes, de conflitos e divergências. Vive-se hoje o chamado mundo globalizado que necessita, cada vez mais, de competências e habilidades, agilidade e sensibilidadepressupostos de caráter humano que solicitam novos valores e critérios compatíveis com as mudanças da sociedade atual. O educador é o responsável por estimular o prazer de compreender, descobrir, construir o conhecimento, curiosidade, autonomia e atenção no aluno. É preciso ensinar pensar; a pensar a realidade e não apenas o "já dito" o "já feito", e só reproduzir conhecimento. O conhecimento tem presença garantida em qualquer projeção que se faça no futuro,por isso, há o consenso de que o desenvolvimento de um país está condicionado à qualidade de sua educação. A tarefa de educar, no entanto é delicada porque supõe, em princípio, amor, desprendimento, doçura, firmeza, paciência e decisão, além do domínio dos conteúdos e metodologias. Daí a necessidade da motivação, do encantamento; motivação que deve vir de dentro do próprio aluno, oportunizada pelos estímulos do professor. O sentido de ensinar é fazer com que o ser humano veja novos padrões de vida, novas formas de perceber, ser, pensar e agir, e que vão auxiliar no uso do conhecimento, na  resolução de problemas, construções de novos significados e pensamentos. E para que o indivíduo tenha experiências intelectuais estimulantes e socialmente relevantes é preciso a mediação do professor com boa conduta e domínio dos conhecimentos que deve ensinar e dos meios para fazê-lo com eficácia. O educador deve  saber que ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para a sua própria produção ou a sua construção. O educador deve ter liberdade e autoridade, e que a liberdade deve ser vivida em coerência com a autoridade na condução de suas aulas; não pode ser imparcial em suas atitudes, deve sempre mostrar o que pensa, apontando diferentes caminhos, evitando conclusões, para que o aluno procure o que acredita, com suas explicações, se responsabilizando pelas consequências e construindo assim sua autonomia. Motivar e automotivar-se, é de fundamental importância no processo de docência, é a busca não apenas do conhecimento teórico e prático através de capacitação e formação, mas da relação docente-discente, sendo esta peça fundamental para a formação e educação crítica dos cidadãos.

Trombudo Central capacita professores para o Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa




A Prefeitura de Trombudo Central, por intermédio da Secretaria Municipal de Educação, aderiu ao Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (Pnaic). O município é acompanhado pela orientadora de estudos Neide Schweder e a coordenadora Neuci Regina Geremias.
Alfabetizar todas as crianças brasileiras até os oito anos de idade ao fim do 3º ano do Ensino Fundamental. É esta a principal meta do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa. O Pacto é um compromisso firmado entre a União e municípios e Estados interessados em aderir.  Ao aderir, o ente federado, além de se comprometer, deve atuar em quatro frentes em suas redes de ensino: formação dos professores alfabetizadores; fornecimento de materiais didáticos; avaliação da alfabetização e também gestão e mobilização. O MEC também afirma que vai premiar as escolas com melhores resultados – a verba destinada para isso será de R$ 500 milhões.
É meta ainda alfabetizar todas as crianças em língua Portuguesa e em Matemática e realizar avaliações anuais universais, aplicadas ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), junto aos concluintes do 3º ano do ensino fundamental.

Contato: Secretária Municipal de Educação de Trombudo Central – Cátia Regina Marangoni Geremias – (47) 3544-0271
CONECTE MÍDIA – COMUNICAÇÃO DE RESULTADO
Natacha Santos – (47) 9919-4199/3521-6462

quinta-feira, 18 de abril de 2013

Dirigentes de educação do Alto Vale participam de evento da UNDIME




Com o tema "Desafios da Educação”, foi realizado nos dias 9, 10 e 11 de abril, em Florianópolis, o XIV Fórum Ordinário da UNDIME – SC. O Alto Vale do Itajaí esteve representado no evento por 17 dirigentes municipais de educação.
O objetivo do evento foi esclarecer os novos dirigentes municipais de educação sobre ações, programas e projetos desenvolvidos pelo Ministerio da Educação. Na oportunidade também foi realizada a eleição da diretoria da UNDIME – SC, sendo que a Regional AMAVI ficou com uma representação significativa: suplente-Secretaria de Articulação, Soely de Fátima Bonin de Salete, suplente de Assuntos Jurídicos, Regina Garcia Ferreira de Rio do Sul , suplente do Conselho Fiscal Catia Regina Marangoni Geremais de Trombudo Central e Conselho de Representantes da Regional AMAVI Fiorello Zanella de Taió e Solange Aparecida Guedert Petry de Ituporanga.
De acordo com a coordenadora do Colegiado dos Dirigentes Municipais de Educação do Alto Vale-CODIME, Soely de Fátima Bonin, a participação dos dirigente municipais em eventos promovidos pela UNDIME é de extrema importância, pois as informações são repassadas pelos técnicos do MEC, sempre de forma objetiva e esclarecedora.

Fonte: Assessoria de Imprensa  da AMAVI

Trombudo Central desenvolve programa de leitura nos CEBS e CEIs


As atividades de fomento e incentivo à leitura têm, atualmente, vasto e rotineiro espaço na rede municipal de ensino de Trombudo Central. É que a Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esporte está desenvolvendo nas escolas o Programa Municipal de Leitura.
O programa teve início a partir do valor e da importância que tem o ato de ler no processo educativo. Seja pelo fato de melhorar a escrita, estimular o hábito da leitura ou simplesmente proporcionar prazer.
“Tornou-se necessário formatar um programa municipal de leitura, compilando significativamente as práticas que vêm sendo desenvolvidas no ambiente escolar ou no seu entorno, e estimulando o surgimento de novas práticas, a partir do embasamento teórico e das ações dos profissionais da educação”, explicou Cátia Regina Marangoni Geremias, secretária municipal de Educação.
O objetivo é envolver toda a comunidade escolar e efetivamente implantar um programa, com cronograma pré-estabelecido e com a garantia de continuidade no decorrer do ano letivo. “Utilizamos metodologias que respeitam o contexto e a faixa etária de cada unidade escolar”, ressaltou Cátia.
As atividades consistem em leitura com as crianças e o desenvolvimento de atividades relacionadas à história que acabaram de ouvir. “Essas atividades estimulam a interpretação de texto já desde cedo, o que é muito importante para o desenvolvimento tanto da leitura quanto da fala”, finalizou a secretária.

Contato: Secretária de Educação, Cultura e Esporte de Trombudo Central – Cátia Regina Marangoni Geremias – (47) 3544-1268
CONECTE MÍDIA – COMUNICAÇÃO DE RESULTADO
Natacha Santos – (47) 9919-4199/3521-6462

Fabricando Arte


O projeto acontece a três anos aqui no município, é patrocinado pela Empresa Ingredion, os locais para realizar as aulas são cedidas pelas escolas municipal e estadual, nesse  ano  por falta de salas   disponíveis no   município na Escola Erica Hasse , as aulas estão sendo realizadas no CRAS, no centro da  cidade.
O projeto acontece em todos os municípios onde está localizada a empresa, a cada ano é escolhido um tema onde as crianças desenvolvem atividades relacionadas. São atendidos um total de 40 crianças, no período da manhã, no horário das 7h30m às 11h30m, uma vez por semana. 
Nesse ano o tema escolhido é Água, no projeto trabalha-se muito o desenho e a pintura, bem como também alguns artistas... com o objetivo de pintar telas, cada criança cria seus próprios desenhos, e transfere para a tela. 
Ao  fim do projeto existe uma premiação para os três primeiros colocados, caso seja selecionado algum trabalho, pois as outras unidades da empresa também participam dessa seleção!
Na escola Hermann Blumenau, ainda existem 6 vagas, caso alguma criança se interesse, pode passar na segunda-feira, dia em que acontece o projeto! 
A professora responsável  que desenvolve o projeto em Trombudo Central  e a  senhora Vera Lúcia Mendes Lenzi.



quarta-feira, 17 de abril de 2013

Trombudo Central prepara Conferência de Educação




O Governo Municipal de Trombudo Central, através da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes, dá continuidade às preparações para a Conferência de Educação.
O evento será realizado no dia 30 de abril e deverá reunir representantes de várias entidades da sociedade civil organizada do município, para debater propostas visando a formulação de uma política municipal, estadual e nacional de educação.
De acordo com a secretária de Educação, Cátia Regina Marangoni Geremias, as propostas aprovadas serão encaminhadas para a Conferência  Estadual e em seguida depois de devidamente aprovadas, encaminhadas através dos  delegados a Conferência na Nacional  de Educação (Conae), que acontecerá em Brasília no início do ano que vem.
Entre os temas a serem debatidos em Trombudo Central estão Educação e Diversidade: justiça social, inclusão e direitos humanos; Qualidade da Educação: democratização do acesso, permanência, avaliação, condições de participação e aprendizagem e Valorização dos profissionais da educação: formação, remuneração, carreira e condições de trabalho.
O evento nacional também abordará o Plano Nacional de Educação e o Sistema Nacional de Educação, Organização e Regulação; Educação, trabalho e desenvolvimento sustentável: cultura, ciência, tecnologia, saúde e meio ambiente; Gestão democrática, participação popular e controle social; e Financiamento da educação, gestão, transparência, controle social dos recursos.

Contato: Secretária de Educação de Trombudo Central – Cátia Regina Marangoni Geremias – (47) 3544-0271
CONECTE MÍDIA – COMUNICAÇÃO DE RESULTADO
Natacha Santos – (47) 9919-4199/3521-6462

Assembleia Geral no CEI Cinderela

Na última segunda - feira  aconteceu a primeira  Assembleia de Pais e  Professores  do CEI Cinderela, que deliberou sobre assuntos  importantes para o bom andamento dos trabalhos no ano de  2013.
O CEI está  sob nova coordenação da Professora Eni da Silva,  que  conduziu os temas da pauta. Apresentou  todos os profissionais, que puderam conversar com as famílias.
A Secretária de Educação Cátia Regina Marangoni Geremias, explanou a temática relacionada ao comunicado encaminhado pela promotoria sobre a forma correta dos associados interessados em colaborarem com  o Centro de Educação Infantil procederem. Também registrou o compromisso da Prefeitura em oferecer educação de qualidade a todas as crianças, através do trabalho sério e intencional de cada profissional que trabalha neste CEI. Salientou a importância de "Famílias e Escola" estarem juntas  no cumprimento de suas   respectivas  funções.
A participação dos pais , professores e demais  funcionários foi efetiva e representa o compromisso desta associação para com suas  crianças.







terça-feira, 16 de abril de 2013

ATIVIDADE : PASSAGEM DO TEMPO


NO CENTRO DE EDUCAÇÃO BÁSICA ARTHUR  BRUNO JANDT,  AS  TURMAS  DO TERCEIRO ANO   DA  PROFESSORA LUCIANA   MEURER, REALIZARAM UMA ATIVIDADE MUITO INTERESSANTE:


OBJETIVO: ESTABELECER RELAÇÕES ENTRE O EIXO TERRESTRE E AS ESTAÇÕES DO ANO, PERCEBENDO A INFLUÊNCIA DA LUZ SOLAR NOS DIFERENTES AMBIENTES.

ESTRATÉGIA: ATRAVÉS DA CONFECÇÃO DE CARTAZES AS CRIANÇAS REPRESENTARAM AS CARACTERÍSTICAS DE CADA ESTAÇÃO NO MESMO OBJETO (ARVORE), DETERMINANDO O ALIMENTO E AS ROUPAS UTILIZADAS EM CADA ESTAÇÃO. APÓS, CONSTRUÍRAM O CALENDÁRIO ANUAL COLOCANDO OS ANIVERSARIANTES DA TURMA EM CADA ESTAÇÃO.




domingo, 14 de abril de 2013

Matemática



Escolas podem fazer inscrição em olimpíada até o dia 30

12/04/2013 | 15:18
Estão abertas até o dia 30 próximo as inscrições para a 35ª Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM), aberta a estudantes das séries finais do ensino fundamental e do ensino médio e a universitários de instituições públicas e particulares.
As escolas devem inscrever os estudantes de acordo com o nível:
– alunos do sexto e do sétimo anos do ensino fundamental
– alunos do oitavo e do nono anos do ensino fundamental
– alunos do ensino médio
Universitário – estudantes de graduação
As provas da primeira fase, nas próprias escolas, serão realizadas em 15 de junho. As da segunda fase, também nas escolas, em 21 de setembro. As da terceira e última fase, em 26 e 27 de outubro, em locais a serem definidos. A divulgação dos resultados está prevista para dezembro.
A olimpíada premia os estudantes com medalhas de ouro, prata e bronze e entrega certificados de menção honrosa. Os concorrentes mais bem colocados podem ser selecionados para representar o Brasil em olimpíadas internacionais.
A OBM é um projeto conjunto da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e do Instituto Nacional de Matemática Pura e Aplicada (Impa), com apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Matemática (InctMat). O objetivo é promover a melhoria do ensino de matemática e contribuir para a descoberta precoce de talentos para as ciências em geral.
A inscrição deve ser feita pela escola, com o preenchimento do cadastro disponível na página da olimpíada na internet.
03
Autor: MEC


Edital de Processo Seletivo

Informamos que está aberto o edital de processo seletivo para professores do ensino fundamental, ano 2013. Inscrições na secretaria de Educação . Consulte as datas e documentação no site da Prefeitura. Inscrições até o dia 15/04/2013



Função Social da Escrita


O 1º ano do CEB Arthur Bruno Jandt com a professora Lais França Kniess, depois de trabalhar o conteúdo do livro sobre a simbologia presente nas ruas, criou placas simbolizando as regras da sala e da escola. Em uma roda de conversa as crianças elencaram as regras e a professora escreveu-as no quadro, depois em duplas cada um confeccionou uma placa. O objetivo do trabalho foi discutir a importância das regras na sociedade e trabalhar a função social da escrita.

ÁGUA E BARRO...



COMBINAÇÃO PERFEITA PARA VER CRIANÇA SORRINDO
        Todos nós educadores já sabemos que brincar é o trabalho da criança. Adulto aprende e se desenvolve estudando, trabalhando, pensando. Criança, aprende brincando. E não só aprende, mas também entende o mundo, se diverte, descansa, melhora a saúde e constrói conhecimento.
        Por todos esses motivos a “Turma do Peixinho”,  do CEI Arthur  Kroencke,


veio preparada para brincar no dia 5 de abril. Começamos vendendo chocolate (terra), misturando com muita água e fazendo os mais deliciosos, doces e salgados como brigadeiros, coxinhas e chocolate quente. Tudo muito certinho até não resistirmos mais e colocarmos a mão na massa. Foi lama para todo lado e diversão garantida...Para finalizar todos precisaram passar pela mangueira e saíram limpinhos novamente...
Com certeza este dia ficará marcado para sempre na memória das crianças e da professora também.


No CEI Cinderela: Páscoa da Turma da Aventura



Nos dias 27 e 28 de Março, nós da Turma da Aventura do CEI Cinderela fizemos muitas coisas, pintamos ovos de páscoa e colocamos na nossa árvore, tiramos fotos de coelhinhos, comemos um bolo de coelho, visitamos coelho no centro da cidade, brincamos no coreto da Praça 22 de Julho, e em seguida fomos ao Supermercado Porto onde ganhamos muitos ovinhos de chocolate. Mas não foi só isso não, quando voltamos do centro, o coelho da páscoa estava também no nosso CEI, onde nós brincamos muito com ele, com toda a certeza esta foi uma páscoa  excelente .



Atenciosamente: Professora Viviane Regina Eidt, auxiliares Sabrina Iolanda Jeremias Kolm e Marcio de Souza.


Portal Catarina


Obras literárias catarinenses

Atualmente temos 4.448 documentos, 323 autores cadastrados e 2.584 arquivos digitalizados. Conheça também nossa biblioteca literária brasileira.


Vale a pena  conferir!
http://www.portalcatarina.ufsc.br/

sábado, 6 de abril de 2013

Um convite a Leitura!


Vasconcellos,  Celso  dos  S.  Currículo:  A  Atividade  Humana  como 
Princípio Educativo. São Paulo: Libertad, 2009, p. 245-246. 

Parafraseando... 
O  que  se  espera  é  que  os  educadores  e  educandos  sejam  sujeitos  de transformação, abrindo novas possibilidades na forma de ser da escola e do currículo. 
O que está sempre em questão é o avanço objetivo e subjetivo. Em termos de atitude,
apesar  dos  riscos  de  sermos  mal  interpretados,  o  motor  deste  avanço  pode  ser 
expresso numa palavra: amor. Como dizia Renato Russo, na Música Monte Castelo: 
Ainda que eu falasse a língua dos homens/E falasse a língua dos anjos,/Sem amor eu  nada seria. É só o amor, é só o amor. Parafraseando, afirmo:  
Ainda  que  eu  participasse  da  construção  do  Projeto  Político-Pedagógico  da  minha instituição, que ajudasse a construir o Quadro de Saberes, ainda que  participasse  de  seminários  e  congressos,  fizesse  pós-graduação, ainda que trabalhasse com um currículo não-disciplinar, com projetos ou  temas  geradores,  criasse  dispositivos  pedagógicos  inovadores,  ainda que  tivesse alunos com necessidades educativas especiais, ainda que 
fizesse  trabalho  voluntário,  ainda  que  não  trabalhasse  mais  com  a reprovação como alternativa... 

Se não mudasse a postura, se não acreditasse que um outro mundo —onde todos  tenham  lugar—  é  possível,  se  não  estivesse  profundamente convencido  de  que  todo  ser  humano  é  portador  de  uma  dignidade inalienável,  que  todo  ser  humano  é  capaz  de  aprender,  se  não procurasse estar inteiro naquilo que faço, se não acolhesse cada aluno em sua singularidade e complexidade, se não me comprometesse com produção  de  um  currículo  que  favorecesse  a  efetiva  aprendizagem, desenvolvimento humano e a alegria crítica  (docta gaudium) de  todos, enfim, se não tivesse amor, eu nada seria como pessoa, como cidadão e como educador! 

O que fazer?


O que fazer quando um estudante tem deficiência, mas os pais escondem o problema?

Compartilhe
Telma Vinha. Foto: Marina PiedadeE agora, Telma?
Telma Vinha é professora de Psicologia Educacional na Unicamp e tira dúvidas sobre comportamento.
Pergunta enviada por Talita Neves Camilo, São Paulo, SP
É preciso cautela para abordar o tema ou emitir um parecer, Talita. A família pode negar ou apenas não saber que a criança tem necessidades educacionais especiais (NEE). Pedi ajuda a Maria Teresa Egler Mantoan, uma referência na área de inclusão e professora da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Ela sugere estudar o caso com atenção e, com base nas produções do aluno, falar com os pais. É comum eles se abrirem nesse momento, dando início a um diálogo importante para todos. Não se deve expor o estudante nem a família a situações constrangedoras, exigindo exames e diagnósticos. Aos poucos, tudo vai se esclarecendo. Também não se pode sugerir que ele seja encaminhado a escolas especiais. Toda criança tem direito de estudar em ambiente escolar inclusivo e os pais devem saber disso.


Fonte :http://revistaescola.abril.com.br/gestao-escolar/fazer-quando-estudante-tem-deficiencia-pais-escondem-problema-694008.shtml?utm_source=redesabril_fvc&utm_medium=facebook&utm_campaign=redesabril_gestaoescolar&

sexta-feira, 5 de abril de 2013

Reunião com Gestoras


As Gestoras de Todos os Centros de  Educação e  dos Centros de Educação Infantil  estiveram  hoje na Secretaria de Educação para reunião pedagógica e Administrativa. Além da apresentação da dinâmica de trabalho proposta pela Secretária, os assuntos da pauta  foram muitos, dentre eles  as  atribuições de cada gestor,escola de pais,plano de metas para este ano  formação de gestores, debate  e socialização de ações sobre o programa de Leitura. Vários  Informativos  e assuntos de ordem organizacional.
 Houve a socialização  da criação do Fórum Municipal de educação que organizará a CONAE do Município de Trombudo Central que acontecerá em 30.04.2013.

As reuniões  acontecerão mensalmente intercaladas  com os dias  de formação:

Cronograma de Reunião administrativa com gestoras

Data
Período/ Data

05/04
Matutino

09/05
Matutino

20/06
vespertino
Formação / reunião administrativa e pedagógica

29/08
vespertino
Formação /reunião administrativa e  pedagógica

12/09
matutino

10/10
matutino

07/11
matutino






Notícia da “Turma do Peixinho”





      No dia 04 de abril saímos para comprar um mascote para a turma. Nosso destino foi a Agropecuária Perini. No caminho fomos lendo os nomes das ruas e descobrimos que uma delas tem o nome do bisavô da amiguinha Vitória (Rua Alexio Venturi).
      Entusiasmo e muita alegria ao escolher o peixinho, pagar por ele e esperar o troco e a nota fiscal.
      Muita atenção e aprendizagem ao ouvir os cuidados que devemos ter com nosso novo mascote.
      Emoção, cuidado e descoberta ao retornar a sala e fazer tudo oque aprenderam...aquário...água...três gotinhas...três bolinhas...10 minutos.
      Ansiosidade e olhinhos no relógio para esperar o tempo passar e dar a primeira ração para o peixinho que ganhou o nome de “Arco Iris” por ser azul, vermelho e preto.
      Preocupação por pensar em ir embora e deixar o novo amigo sozinho...Será que ele vai sentir frio? Será que ele vai ficar com medo?...Nos despedimos felizes e prontos para novas descobertas.