quarta-feira, 31 de agosto de 2016

Homenagem do Dia dos Pais

Estava tudo combinado! Sexta-feira (12/08) foi à data escolhida para as turmas, do Pinguim e dos Passarinhos, homenagearem os seus pais.
Na programação, teve apresentação de músicas, fotos com o carro do papai, entrega dos presentes e no final foi servido um delicioso café. “Isso tudo é planejado em integração com o trabalho pedagógico. As crianças trabalham com recortes, com colagens, com desenhos, com imagens, com construções e isso faz parte da nossa metodologia”.
Um pai reconheceu o quanto atos simples, como um abraço, às vezes são esquecidos com a correria do trabalho: “Foi ótimo, principalmente, por ser um dia diferente da semana, nós reservamos um tempo, exclusivamente, para estar com os nossos pequenos. O melhor presente que a gente pode ganhar é estar feliz junto do filho”.
Por mais duros e sérios que os pais sejam sempre se emocionam com uma homenagem feita pelos filhos, afinal, ninguém é de ferro, nem esse super herói.
A equipe do CEI Johanne Schütte agradece a participação de todos os pais que prestigiaram este evento.

Grupo Johanne Schütte
Vivien Erica Fronza
Danieli Duarte da Silva
Luiza Carolina Samagaia

Janete Szlachta Luchtenberg





terça-feira, 30 de agosto de 2016

Higiene Bucal.


Através desse projeto temos o objetivo de conscientizar as crianças sobre a importância de manter a dentição e a boca saudável com hábitos de higiene diários. 

Turma do ursinho-jardimI
C.E.I Cinderela
Professora: Débora Ceolin





Dado das emoções

CEI Menino Jesus

Jogo do dado das emoções

Este dado contém as opções 
*Dar um abraço; 
*Dar um beijo;
*Fazer careta;
*Dar um grito; 
*Dar aplausos;
*Dar um sorriso;

Essa brincadeira fortalece o vínculo afetivo entre os colegas e ajuda as crianças que são tímidas, fazerem o que as vezes têm vontade e não fazem, pois ficam envergonhadas...Através deste dado podemos demonstrar os nossos sentimentos.

Prof . Crisneide






segunda-feira, 29 de agosto de 2016

O JOGO NA LEITURA E ESCRITA

O projeto surgiu dos alunos: - "Vamos jogar professora?".
Muitas vezes no anseio de dar conta de todo um programa, deixamos um pouco de lado o lúdico, então veio a ideia "Aprender brincando é divertido".
No projeto as atividades são pensadas com uma intencionalidade, um objetivo a ser alcançado e o jogo é um meio descontraído que também possibilita aos alunos uma aprendizagem prazerosa da leitura e escrita.

Professora Raquel Ferreira Feldmann
Apoio Pedagógico




Jogo de dominó das frutas

CEI Menino Jesus

A turma dos Piratas brincaram com o jogo de dominó das frutas. Através deste jogo puderam compreender a regra do jogo tradicional, assim como também conheceram algumas frutas e reconheceram as que fazem parte da sua alimentação!  
A aprendizagem através do jogo,  acontece de forma lúdica e prazerosa!  
As crianças aprendem regras, desenvolvem raciocínio lógico. 
Jogos como dominó,  são recursos atraentes e eficientes que auxiliam na aprendizagem.

Prof . Crisneide



sexta-feira, 26 de agosto de 2016

Jogo: "Nunca Dez".

Como conceito a ser desenvolvido no segundo ano está a adição e a subtração com reagrupamento. No vocabulário popular as continhas onde se "leva 1 ou empresta 1". Na verdade é um conceito bem mais complexo onde se juntam as unidades e se forma, agrupa e leva mais uma DEZENA no caso da adição. já na subtração, é necessário desagrupar uma dezena e juntá-la as UNIDADES, para poder efetuar o cálculo. Para desenvolver a lógica e o entendimento deste conceito, utilizamos o Material Dourado. Este é formado por pequenos cubos de madeira que são as Unidade, barras que são dezenas, placas que representam a centena e um cubo grande que é a Unidade de Milhar. Nas fotos os alunos estão jogando o "Nunca DEZ". Jogo desenvolvido para aprender a agrupar e desagrupar dezenas e unidade.

CEB Eginolf Bell - segundo ano - Prof: Giane D. Schweder







quinta-feira, 25 de agosto de 2016

Matemática e Meio Ambiente

Com inspiração no Dia Mundial do Meio Ambiente o 4º ano do CEB "Arthur Bruno Jandt" iniciou estudo sobre o lixo e os problemas que ele causa ao meio ambiente.
No dia 15 de junho visitamos o aterro sanitário de Ibirama e observamos o excesso de lixo que as pessoas produzem e que estes podem ser reciclados e reaproveitados.
Motivados com a visita, na sala de aula observamos os lixeiros da escola e percebemos que jogamos fora muito papel. Então surgiram algumas dúvidas: quanto papel nossa escola joga fora por semana? Se o papel é feito de árvores, quanto tempo nossa escola leva para “cortar” uma árvore?
Com o objetivo de utilizar a matemática para demonstrar a quantidade de papel produzida pela escola e diminuir o impacto que este consumo gera a natureza, desenvolvemos um projeto de conscientização da escola sobre o uso e o reaproveitamento do papel.
Fizemos as contas e concluímos que em um ano letivo nossa escola "corta" duas árvores. Pensando em todas as escolas do município, estado, Brasil e mundo muitas árvores são cortadas. Então pedimos a colaboração das outras turmas para que jogassem o papel usado dos dois lados em uma caixa que preparamos e reciclamos este papel.
Separamos algumas folhas que haviam sido usadas apenas de um lado e iremos reaproveitá-las fazendo bloquinhos de anotações. 
Adotando essas ações podemos minimizar o impacto de nossas atividades sobre o meio ambiente. Se cada um fizer a sua parte o mundo se tornará um lugar melhor para as próximas gerações.
Este projeto será apresentado no dia 12 de setembro na Feira Renional de matemática.

Professora Lais França Kniess





CENTRO DE EDUCAÇÃO INFANTIL CINDERELA.




AS CRIANÇAS DO MATERNAL TURMA DA BORBOLETA ESTÁ COM UM PROJETO NOVO. COM O TEMA "QUEM BOTOU O OVO?" APÓS ALGUMAS HISTÓRIAS RELACIONADAS AO ASSUNTO AS CRIANÇAS TIVERAM UM CAFÉ DA MANHÃ DIFERENCIADO, ONDE PRECISAVAM DESCASCAR O OVO PARA COMER JUNTO COM O PÃO FOI MUITO LEGAL E TODOS CONSEGUIRÃO! PARABÉNS...


AGOSTO 2016 PROF. ROSA, ZETE E MARI
video

IV Encontro de Gerações

No dia 20 de agosto, aconteceu o IV Encontro de Gerações do CEI Johanne Schütte. Uma tarde muito agradável e especial onde estiveram presentes pais, avós e bisavós de nossas crianças.
Após serem recepcionados, participaram de brincadeiras seguidas de belas lembrancinhas.
Os pequenos junto de suas professoras realizaram uma bela homenagem, que emocionou a todos. Ao final compartilhamos um delicioso café e um descontraído bate papo.
 A equipe do CEI Johanne Schütte agradece a participação de todos familiares que prestigiaram este evento.

Grupo Johanne Schutte
Vivien Erica Fronza
Danieli Duarte da Silva
Luiza Carolina Samagaia
Janete Szlachta Luchtenberg






quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Aprendendo com as cores

Por meio dessa atividade, as crianças são estimuladas a perceber as cores e a fazer a relação entre objetos e diferencia-las, além de aprenderem os nomes. Elas devem ser incentivadas a jogar o papel crepom para cima e para baixo,amassar e fazer bolinhas. Com palitos de picolé além de visualizar as cores podem montar casa,boneco, barco enfim.deixar a criatividade aflorar, com o auxilio da Professora.

Professora Zenaide 





Brincadeiras, varal de balão!



Turma do Berçario 4 meses a um ano
A atividade proposta aos bebês, foi estimular a visualizar  cores, tocar e experimentar percebendo algumas diferenças.
A criança é influenciada pelas cores desde a fase inicial da vida, as  cores alegres e vibrantes chamam sua atenção. Além do balão, as crianças são incentivadas a brincar com  chocalhos coloridos, fixados sobre o berço ou carrinho do bebê, bem como defronte ao espelho.

Professora  Rosmary Steuck



OFICINA DE BRINQUEDOS ECOLÓGICOS


                A turma do 3º ano do CEB Eginolf Bell, colocou as ideias em prática e criou  brinquedos com material reciclável.
A atividade faz parte do JEEP- Programa Jovens Empreendedores, e possibilitou além de planejar e construir, também muita diversão.  

   Professora:  Neide Schweder 





Conhecendo nossas raízes!


Continuando o estudo do município de Trombudo Central, o 3º ano do Centro de Educação Básica Eginolf Bell, conheceu um pouco da cultura alemã e italiana trazida pelos imigrantes.
 Visitaram a Sociedade Caça e Tiro Km 10 e conheceram um pouco da tradição das festas de tiro e bolão da cultura alemã, além da história desta sociedade. Com a visita no Pesque e Pague Venturi e as belas histórias desta família, conheceram um pouco da comida, costumes e língua da cultura italiana.

Professora: Neide Schweder







terça-feira, 23 de agosto de 2016

Trabalhando Poesias

“Se eu gosto de poesia? Gosto de gente, bichos, plantas, lugares, chocolates, vinho, papos, amenos, amizade, amor. Acho que a poesia está contida nisso tudo.”
(Carlos Drummond de Andrade)

Nesse sentido o 5º ano do C.E.B Arthur Bruno Jandt, trabalhou o gênero textual poesia, aprendemos que nos versos que a compõe podemos colocar diferentes sentimentos e falarmos do que quiser, pois a poesia são estrofes livres onde o poeta escreve as suas emoções. Nos primeiros momentos das aulas de Língua Portuguesa a professora trazia um poema para ler para os alunos e poder conversar um pouco sobre o que o poeta quis passar aos leitores. Alguns alunos demostraram bastante interesse nesse gênero, fazendo pesquisas de livros e poetas na biblioteca municipal voluntariamente.
Em uma das aulas fomos ao laboratório realizar uma pesquisa a respeito de uma poesia que gostaram para apresentar em sala, além de assistirmos um vídeo da poesia “Canção do Exílio” de Gonçalves Dias, vendo a riqueza de seus versos à forma como expressa a poesia além de conhecer um pouco sobre sua biografia.
Após lermos, ouvirmos e pesquisarmos sobre diversas poesias chegou a hora de eles produzirem a sua própria poesia com a sua autobiografia, lembrando que podemos falar do que quiser e expressar o que sentimos.  Assim se pôde incentivar a escrita a leitura e o gosto pela literatura, além de expressar diferentes sentimentos. Como convidada especial tivemos a presença da professora Marleide de artes, já que a poesia é uma arte de expressão. Obrigada professora Marleide por participar do nosso Sarau!

Professora Taina



Projeto: Pedagogia da Cooperação

Trombudo Central, 23 de agosto de 2016.

Centro de Educação Básica Eginolf Bell e Centro de Educação Básica Alberto Balduíno Barchfeld;

Professora : Mariany Uhlendorf;

Série: 5º  ano;

Projeto: Pedagogia da Cooperação

Disciplinas: Ensino Religioso, Português e Ciências;

Objetivo:
Possibilitar a vivencia do respeito e oportunizar práticas que busquem o desenvolvimento da autonomia dos educandos, compreendendo-os como seres em transformação e formação;

Justificativa:
A Pedagogia da Cooperação envolve processos de Educação Social e de Educação Ambiental e se propõem ir de encontro a possíveis respostas aos diferentes dilemas das crises presentes na sociedade atual.Também busca a harmonia do humano consigo mesmo, com os demais e com a natureza;

Metodologia:
_Estabelecimento de um com-trato.
_Dinâmica: Mandala;
_ Anjo Protetor;
_Criação de um espaço de dialogo;

_Visitas de estudo a diferentes propriedades;