sexta-feira, 29 de setembro de 2017

A magia da paciência com as duas turmas

CEI CHARLOTTE ILSE SCHLINDER

 A partir da participação na  formação do PNAIC, fomos desafiadas a elaborar  uma sequencia de atividades, com foco no letramento a partir de uma historia ouvida pelas colegas de outra unidade de Educação Infantil. Que segue aqui relatada:
Contamos a historia: A magia da paciência com as duas turmas juntas( pré 1 e pré 2) , para contar a história uma das professoras foi a narradora e utilizamos os  fantoches para dramatização.
Em seguida com o objetivo de desenvolver a oralidade, a articulação das palavras e também a formação de frases; cada criança pôde escolher um dos personagens (búfalo, macaco e elefante) e fazer uma pergunta a ele.
Na sequência as turmas foram separadas de acordo com a faixa etária:
A turma da borboletinha (pré 2), realizou como proposta de atividade de letramento a escrita coletiva de um bilhete mandando um  recado para o macaco sobre o que pensavam de suas atitudes, o professor foi o escriba.  
Desenvolvimento: A escrita do bilhete inicialmente foi no quadro, e ao final questionei como vamos mandar para o macaco assim? Eles então me disseram que precisaríamos escrever na folha. Durante a escrita do bilhete surgiu à ideia de que cada um poderia dar uma ideia para o macaco, para que ele e o búfalo pudessem fazer juntos e se tornarem cada vez mais amigos. Então, através de desenhos feitos com giz de cera cada criança representou sua sugestão, com o desenho pronto eu novamente fui a escriba deles, e depois colamos as folhas uma na outra, mandando assim para o macaco uma grande carta.
Resultados obtidos: Foi sem dúvida uma atividade prazerosa para as crianças, ficaram envolvidos, e muito cheios de imaginação se empenharam em dar sugestões aos animais. Durante as atividades, nas conversas entre eles, surgiu a questão: “mas que o macaco não sabe ler, e outra criança respondeu “a mãe dele lê pra ele.” Depois de pronta nosso bilhete/ carta, logo sugeriram pra entregar tem que dar pra dona do livro, pois ela com certeza sabe onde fica esta floresta. O mundo da imaginação e a função social da escrita se entrelaçaram nesta proposta de trabalho, tal qual como é o universo infantil. 
 A turma da joaninha (pré 1), realizou como proposta de atividade de letramento a escrita coletiva de combinados da floresta, o professor foi o escriba.
Desenvolvimento: A escrita dos combinados inicialmente foi escrita em papel duplex, depois pensamos em fazer um cartaz, desenhamos uma arvore com folhas, flores e algumas borboletas imaginaram que era assim a floresta onde moravam o búfalo, o macaco e o elefante, pintamos com guache e montamos em papel pardo o nosso cartaz com os combinados da floresta.
Resultados obtidos: Foi sem dúvida uma atividade prazerosa para as crianças, ficaram envolvidos, e cheios de sugestões pra criar as regras e dar sugestões ao macaco, que ele não deveria fazer o que fez com o búfalo, pois era muito feio fazer o que ele estava fazendo. E assim com essas regras ele teria que respeitar os amigos da floresta.

Professoras: Neide Schweder e Sueli Schvambach







Nenhum comentário:

Postar um comentário